Hilary Duff, a super-heroína pop, prepara seu retorno

Intro

Férias, doces e amadas férias. De volta aos trilhos, volto escrevendo sobre uma das loiras mais amadas e bem queridas do universo pop: e não, não estou me referindo à Barbie.

Hilary Duff, para quem não conhece (acho impossível não conhecê-la, mas não custa fazer uma breve introdução) é uma jovem atriz, cantora, compositora, escritora, filantropa pau pra toda obra norte-americana que ganhou reconhecimento mundial por meio do sitcom Lizzie McGuire, do “Disney Channel”, que foi ao ar em janeiro de 2001.

Posteriormente ingressando em uma carreira musical promissora, até a presente data já lançou quatro álbuns de estúdio (sendo um deles natalino), dois EPs de remixes, dois álbuns ao vivo, três coletâneas e quinze singles. Estima-se que tenha vendido cerca de 14 milhões de álbum em todo o mundo, informação esta que carece de fontes (thanks Wikipedia).

Como atriz, esteve no elenco de mais de 20 filmes, entre eles os populares “Lizzie McGuire – O Filme”, “Doze é Demais 1 e 2” , “A Nova Cinderela”, “Material Girls”, “Greta” e mais recentemente, “She Wants Me”. Fez ainda participações especiais em séries como “Gossip Girl – A Garota do Blog”, “Ghost Whisperer”, “Lei e Ordem: Unidade de Vítimas Especiais” e “Dois Homens e Meio”.

Sem muitos rodeios (até porque esse post ficou maior do que eu esperava), separei alguns tópicos bem interessantes sobre a carreira da moça e várias curiosidades que provavelmente muita gente não sabia. Que tal dar uma olhadinha:

FILANTROPIA

Envolvida em diversas causas sociais, Hilary jamais deixou de ajudar os necessitados, tendo uma imagem respeitada nos Estados Unidos por sua bondade e generosidade. Doou 250 mil dólares às vítimas do furacão Katrina, em 2005 e é comumente vista ao lado de sua irmã, a também atriz e cantora Haylie Duff, em campanhas beneficentes voltadas ao público carente.

Mês passado, pudemos ver Hilary em um vídeo demonstrando admiração à Elizabeth Velasquez, moça detentora de uma rara síndrome que a deixa com 0% de gordura e a impede de ganhar peso. É por meio do “The Lizzie Project” que a norte-americana luta contra o bullying mundial sofrido desde seus 17 anos, quando encontrou um vídeo no YouTube que a denominava como “a mulher mais feia do mundo”. Saiba mais aqui.

PROJETO ATUAL

Atualmente, Hilary faz parte do elenco de Younger, a nova comédia da “TV Land”, escrita e produzida pelo criador de “Sex and the City”, Darren Star. Tem estreia para janeiro de 2015. Saiba mais sobre a série.

MATERNIDADE

Duff foi casada com o jogador de hóquei canadense Mike Comrie durante três anos, quando se divorciou, amigavelmente, em janeiro desse ano. Da união do casal nasceu Luca Cruz Comrie, hoje com dois anos de idade. Em suas redes sociais, a cantora sempre posta fotos fofas ao lado do filho e, constantemente, é fotografada pelos paparazzi passeando ou levando o pequeno pra tudo quanto é quanto. Já deu diversas declarações sobre como a maternidade mudou sua vida, dizendo certa vez que se surpreendeu com “a quantidade de amor que você pode ter para alguém tão instantaneamente”.

Mãe protetora, há quase três meses chegou a “prender” dois paparazzi que tiravam fotos de seu filho em um de seus passeios, liberando-os com uma advertência (saiba mais aqui). Acontece que, nos Estados Unidos, é proibido publicar fotos ou vídeos de filhos de celebridades sem autorização. A cantora apoia o “No Kids Policy”, movimento criado por famosos para se evitar a invasão de privacidade e intimidade das crianças.

MÚSICA

O último álbum lançado foi Dignity, em 2007, sucedido pela coletânea Best of Hilary Duff, de 2008. De lá pra cá, os fãs aguardam insaciáveis pelo retorno da loira à carreira musical. Bom, a espera pode estar com seus dias, ou melhor, meses contados: o novo álbum poderá ser lançado em outubro de 2014.

Ainda ano passado, em agosto, Hilary concedeu uma entrevista ao site “Idolator” e mencionou que tinha planos de seguir pelo rumo da música EDM (eletrônica). Na ocasião, disse ainda que poderemos esperar composições significativas para essa nova era:

“Minha música sempre foi muito liricamente dirigida. Eu me importo muito com isso. Tem muitos artistas que eu amo, mas fico ‘eu não consigo me conectar com isso, então não sei o que isso significa’. É muito abstrato para se acompanhar. Eu consigo cantar junto e amar, mas não fico vidrada, porque sou atraída por letras. Eu quero manter isso na minha mente”. Completou que poderia soar como “Come Clean”, um de seus singles favoritos. Leia mais aqui.

Em contrapartida, se o problema para muitos artistas é a gravadora, Duff com certeza está segura e amparada por um time de especialistas. Em março, ao postar uma foto em seu Instagram, a jovem pareceu bem empolgada com sua nova contratação enquanto assinava todos os papeis. Isso, definitivamente, marca um divisor de águas em sua carreira, que teve como último lançamento oficial o álbum ao vivo Hilary Duff Live At Gibson Amphitheatre August 15th, 2007, sob o selo da “Hollywood Records” – a qual esteve atrelada desde o início de sua carreira.

E, para mais empolgação ainda de quem curte a trajetória musical de Hilary, já foi revelado o nome de 11 faixas que poderão estar presentes no novo disco, todas registradas no ASCAP (site que protege os direitos autorais referentes à música e composição). Entre elas, encontramos:

Better Days

Outlaw

Tearing Down Walls

Hurts

Take It For What It Is

Breathing Room

Northern Star

Night Like This

Snow Globe

This Heart

Wild Night Out

Outra grande surpresa para a nova era que se aproxima é uma colaboração um tanto quanto inesperada: com o cantor britânico Ed Sheeran. Também no Instagram, foram reveladas duas fotos nas quais a dupla aparece junta num estúdio de gravações de Los Angeles. Aproveitando sua presença no “Wango Tango” desse ano, o cantor disse à “MTV News” que a parceria “é como o meu som, eu acho, mas não é realmente o meu som. É o de qualquer pessoa que faz um acústico com violão. Não é o meu som, é o som de todo mundo”.

Mais surpresas estão guardadas a sete chaves, mas, é claro que nem tudo está estritamente escondido. Entre os produtores e compositores que estão trabalhando no novo álbum de Duff, podemos destacar: Toby Gad (responsável por “If I Were a Boy”, da Beyoncé, e que trabalha atualmente também com Sia e Madonna); Lauren Christy (compositora de “So Yesterday”, da própria Hilary, e “Shadow”, da Britney Spears); Sally Seltmann (multi-instrumentalista e cantora australiana); Billy Mann (com quem está trabalhando desde setembro de 2013); Sean Douglas (“Heart Attack”, da Demi Lovato); Jerrod Bettis (responsável por bateria e acústicos de violão para Adele); Lindy Robbins (“Slow Down”, Selena Gomez e “Skyscraper”, Demi Lovato) e Ian Kirkpatrick (produtor que já trabalhou com o cantor country Blake Shelton). Um novo single é esperado, podendo ser liberado a qualquer momento, porém, sem qualquer comunicado oficial ou data prevista.

Construindo uma carreira que influenciou artistas mais jovens como Miley Cyrus, Selena Gomez e Ariana Grande, Hilary fez história ao dar um salto gigantesco do teen pop para o pop contemporâneo há exatos 7 anos, com seu quarto disco, que rendeu os singles “Play With Fire”, “Stranger” e “With Love”. “Dignity” recebeu 61/100 pontos do “Metacritic”! Para se ter uma ideia, foi a mesma pontuação alcançada por Britney Spears e seu “Blackout”, uma artista já veterana na indústria fonográfica.

Porém, apesar de alguns não se surpreenderem com os feitos realizados por Duff em sua carreira, acredite, ela tem um grande diferencial! Distante da maioria dos artistas da atualidade – que deixou a fama subir à cabeça – , Hilary é uma das únicas estrelas de Hollywood que não chegou a se envolver com drogas, bebidas ou problemas comportamentais. O mais surpreendente, todavia, nem foi a grande transformação ou a maneira como sua carreira alavancou com o seu amadurecimento musical, mas sim sua estabilidade psicológica e mental sempre presente. Constantemente humilde e simpática em suas entrevistas, parece correr dos holofotes e de qualquer escândalo que envolva os tabloides. Por meio de seu trabalho de mais de uma década, deixou clara sua mensagem positiva e continuamente se manteve fiel a sua personalidade e identidade próprias. Assim como você e eu, Hilary Duff é um ser humano de carne e osso sempre disposto a dar o seu melhor às pessoas. Mais do que um exemplo de pessoa, Duff nos comprova que dinheiro não compra caráter e muito menos beleza interior.

“Encontre um sonho que você possa seguir. Alcance algo quando não houver nada mais. Voe, abra uma parte de você que quer se esconder, você pode brilhar. Esqueça as razões que não o deixam brilhar em sua vida. E comece a tentar, porque essa é sua hora, hora de voar”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.