As nossas estatísticas de 2015

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2015 deste blog:

Aqui está um resumo:

A sala de concertos em Sydney, Opera House tem lugar para 2.700 pessoas. Este blog foi visto por cerca de 8.900 vezes em 2015. Se fosse um show na Opera House, levaria cerca de 3 shows lotados para que muitas pessoas pudessem vê-lo.

Você quer saber quais foram as nossas publicações mais acessadas? Qual foi o dia em que recebemos mais visitas? E quem comentou mais? Então, não deixe de conferir o relatório completo a seguir. Mais uma vez, reforçando minhas palavras finais do último post publicado por aqui, gostaria de desejar muita paz, saúde, amor, sucesso e tudo de melhor para vocês, para suas famílias e para o Caí da Mudança, que está apenas crescendo cada vez mais pela internet. Muito obrigado a cada pessoa que nos visitou em 2015, que deixou um comentário positivo em nossas publicações e fizeram do meu ano um momento muito mais especial: sem a colaboração de vocês o nosso blog definitivamente não seria o que ele se tornou. Muito obrigado e até a próxima.

Clique aqui para ver o relatório completo!

Anúncios

Novidades de fim de ano, parcerias e novos caminhos

Olá, meus queridos, como vocês estão? Já faz um bom tempinho que não venho aqui conversar diretamente com vocês, mas quem é mais atento já deve ter percebido que eu só faço isso quando tenho algo realmente muito importante para ser dito. Bom, não poderia ser diferente desta vez, pois sim, eu realmente tenho algo importante para compartilhar e que não é apenas do meu interesse, mas também do de vocês.

Há quase um mês, fui convidado para escrever para o Co-op Geeks, um site que tem como foco principal as notícias, artigos, vídeos e conteúdo diverso sobre tudo que rodeia o universo geek. Depois de muito pensar e andar em círculos, decidi que era o momento de me desvincular um pouquinho daqui e testar novos horizontes com culturas que eu sempre admirei desde muito cedo, mas que, com o passar do tempo, de uma maneira ou outra, afastei-me sem qualquer motivo aparente.

Todavia, isso não é motivo para pânico ou apavoramento, pois as nossas atualizações continuarão a funcionar normalmente por aqui. A única diferença é que, além de poderem me encontrar no Caí da Mudança a qualquer momento do dia ou da noite (vocês sabem que nossas publicações sempre surgem de surpresa sem qualquer aviso prévio), vocês também poderão me encontrar, agora, no Co-op Geeks.

Pensando em mantê-los atualizados sobre tudo o que eu publicar por lá, estive pensando em fazer uma breve chamadinha redirecionando-os até o link da postagem original: assim ninguém perderá os resultados desta nova parceria que tem tudo para dar super certo (por isso, fiquem de olho por aqui). Na verdade, não é de hoje que penso em colaborar com outros sites de conteúdo diversificado do tratado aqui no blog, mas, por jamais ter tomado qualquer iniciativa (e por um pouco de medo de não dar conta do recado), acabei por manter essa vontade bem guardada comigo (até hoje).

Bom, pessoal, é isso, dado o recado, fica aqui a minha dica do dia! Espero encontrar vocês também lá no Co-op Geeks, okay? Quanto ao Caí da Mudança, vocês já sabem: fiquem de olho, pois eu posso demorar, mas sempre volto pra vocês. 😉

VOCÊ PODE ACESSAR O CO-OP GEEKS POR MEIO DESTE LINK.

O Caí da Mudança também está no Facebook

Muitos de vocês já devem ter reparado na existência da nossa nossa barra de ferramentas aqui do lado direito, a qual traz ao leitor muitos atalhos que poderão ser encontrados e utilizados por todos que acessam o Caí da Mudança e se sentem, por vezes, perdidos em nossa página principal tão diversificada. Destacando desde as nossas últimas publicações até o meu segundo blog (o qual você poderá acessar por meio deste link), está também ali, timidamente, a nossa página do Facebook, onde tudo que é publicado aqui é, automaticamente (e em tempo real) redirecionado para lá.

Caso você não queira mais perder nenhum post e deseje se manter em dia com os nossos mais recentes artigos, resenhas, playlists e críticas, fica a dica e não deixe de curtir-nos no Facebook. Visando dar maior praticidade às nossas atualizações, tenho tentado, diariamente, manter a nossa página recheada com pequenas chamadas que merecem total destaque e não poderiam passar despercebidas por aqui (onde dedico o espaço para escrever textos mais longos e bem elaborados). Gostou da ideia? Então não deixe de nos curtir agora mesmo.

CURTA A NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK

As aulas estão voltando, mas isso não quer dizer que eu sumirei, ok?

Estes últimos 2 meses foram bem agitados por aqui, não é mesmo? Depois de começar diversos especiais inéditos, me dedicar aos últimos lançamentos musicais, falar pra caramba sobre os meus discos favoritos e trazer de volta diversos temas que há muito estavam esquecidos, consigo agora finalmente sentir aquela prazerosa sensação de dever cumprido. Desde que criei o Caí da Mudança e resolvi redirecionar um pouquinho da minha atenção a ele, devo dizer que notei também um grande crescimento não apenas do mero escritor amador que me tornei, mas também de tudo que consegui abordar em quase 1 ano e meio.

Eu não sei se vocês devem saber disso, mas, este não é o meu primeiro blog, então isso meio que me faz ter uma ideia mais ampla de como funciona este universo virtual. Há mais de 4 anos eu resolvi criar o The Breakout, um espaço destinado a levar ao leitor as últimas notícias e lançamentos que ocorriam no mundo da música pop. Porém, como eu trabalhava sozinho nessa “outra casa” e precisava conciliar tudo com trabalho, faculdade e família, acabei abandonando o projeto por conta de um esgotamento sem tamanhos.

Mas, para minha grande felicidade (e talvez a de vocês), meus instintos de blogueiro acabaram falando mais alto depois de quase 1 ano silenciados e logo percebi que precisava voltar a ativa. Assim nasceu o Caí da Mudança, uma inocente tentativa de extravasar os meus desejos mais íntimos e compartilhar com o público todas as doideiras que se passam por essa cabecinha bem pirada. Devo dizer que, começar um blog do zero não é nada fácil, meus amigos, ainda mais quando você se acomoda com o número de visitas diárias e com o público que está ali, sempre fiel acompanhando o seu trabalho – afinal, deixar para trás mais de 560 mil views é de partir o coração de qualquer um.

O começo do mês chegou e junto com ele algo que eu tentei evitar durante todas as minhas férias: a volta às aulas. Eu sei que, inevitavelmente, o número de publicações cairá bastante devido a minha falta de tempo para administrar as coisas por aqui, mas, é por meio deste aviso que venho dizer a vocês que a minha ausência não se dará por preguiça ou má vontade. Eu tentarei, de verdade, escrever o máximo que conseguir, nem que para isso eu precise matar algumas aulas da faculdade indo para a biblioteca escrever escondido (hahahhahah brincadeira).

Eu tenho planejado diversos artigos e quadros inéditos, muita coisa legal está por vir e eu tenho certeza que vocês irão curtir isso pra caramba, mas, para que tudo consiga fluir naturalmente, eu peço que vocês tenham um pouco de paciência comigo. Escrever se tornou algo essencial na minha vida, e eu prometo que dessa vez não irei abandonar mais ninguém devido a falta de tempo. Por favor, não desistam de mim. Isso, obviamente, não é um adeus, mas sim um até logo.

Meu segundo blog

Que vocês já conhecem o filhote de cachorro isso não é novidade nenhuma, mas, e o lobo sem alcateia? Quando escrevi neste blog pela primeira vez, minha única pretensão foi abordar qualquer assunto que surgisse na minha cabeça e que rendesse um texto legal para compartilhar (e assim eu fui escrevendo pelos meses afora sem nenhuma organização). Porém, depois de ver o rumo que tomei com o Caí da Mudança e o grande destaque que resolvi dar para alguns temas mais “técnicos”, percebi que tinha chegado o momento de separar o meu lado profissional do emocional.

Foi assim que nasceu o Lobo Sem Alcateia, meu blog alternativo dedicado apenas para algumas de minhas reflexões mais profundas e pessoais. Nele despejei todos os meus desabafos escritos neste url desde a sua criação, pois é para lá que essas ideias começarão a ser redirecionadas de agora em diante. Já adianto que o que vocês encontrarão nessa nova casa não é nada muito surpreendente, mas fica aqui a indicação para quem se interessar pelo lado mais sensível deste bobo apaixonado que vos escreve. Desde já, agradeço pela atenção e carinho de vocês!

ACESSE O NOVO BLOG AQUI!